• ISHVARA NO YOGA: PRATICAR VIDA? [PARTE 1]

    Esta série de três textos que aqui iniciam tem como propósito esclarecer alguns pontos importantes em relação a Īśvara, a inteligência universal, seu papel nas nossas vidas e ao Karma Yoga. Estes temas, infelizmente, são bastante mal compreendidos na atualidade. Começaremos por este último, que deveria, penso, ser chamado Yoga da vida e não Yoga da ação.  


    Pedro Kupfer


  • ISHVARA NO YOGA: KARMA E DHARMA [PARTE 2]

    O poder do livre arbítrio sempre é justo e adequado para nós. Só precisamos assumir a responsabilidade por ele. Dotar o ser humano de livre arbítrio não é como dar um carro sem freios para um adolescente rebelde. Nesse sentido, Īśvara, a inteligência universal, não joga aos dados, como disse Einstein uma vez. O poder do humano pode criar ou destruir.


    Pedro Kupfer


  • ISHVARA NO YOGA: O YOGA DA VIDA [PARTE 3]

    Os caminhos do karma podem parecer complexos, mas uma coisa é certa: cada fruto de cada ação é entregue pelas leis de Īśvara, que são sempre justas e adequadas. Assim, quando penso nos meios que escolho usar para conquistar os fins que me proponho, preciso levar em consideração o bem comum. Pensar que o fim justifica os meios é a pior maneira possível de olhar para as coisas no caminho da espiritualidade.


    Pedro Kupfer


  • PŪRṆAMADAḤ MANTRA

    Este é um verso [aparentemente] inócuo. Examinando-o, temos o seguinte: um substantivo, dois pronomes, três verbos e uma partícula de ênfase. No entanto, alguém já disse: "Não me importo se todas as Upaniṣads desaparecerem da face da terra, desde que esta estrofe permaneça".Pode um verso pequeno ser tão profundo? "Claro que não. Isso é um total absurdo!” Esta teria sido a resposta de um certo inglês, que não percebeu ser o verso valioso, e muito menos, profundo.


    Swami Dayananda Saraswati


  • LIDANDO EFICAZMENTE COM A RAIVA

    A raiva nada mais é do que uma expressão da dor e da expectativa. Nós esperamos que certas coisas aconteçam, mas há um obstáculo entre o que acontece e nós mesmos. Noutras palavras, entre aquele que deseja e aquilo que é desejado, há um obstáculo bloqueando o cumprimento do que é desejável. Devido a este obstáculo, o desejo é desviado.


    Swami Dayananda Saraswati


  • ABSOLUTO E RELATIVO

    O Absoluto não tem atributos. As palavras que se usam para apontar para o Ilimitado não são o Ilimitado, nem são atributos dele. São apontadores que indicam o Absoluto. Você pode compreender o Ilimitado através da compreensão do Universo como um atributo circunstancial dele. O Ilimitado é manifestado na forma do Universo, transitoriamente. Existia antes, existe agora, existirá depois.


    Pedro Kupfer


Primeira < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > Última

Cursos

  • Você, Ilimitado

    com Pedro Kupfer
    Online
  • Cursos, Viagens e Eventos

    com Pedro Kupfer
    no Brasil, em Portugal e na Índia
  • Āsana e Autoconhecimento

    com Pedro Kupfer
    Ericeira, Mafra, Portugal
  • Formação em Yoga | Portugal

    com Pedro Kupfer
    Ericeira, Portugal
  • Yoga e Cultura na Índia

    com Ângela Sundari e Pedro Kupfer
    Índia